Os perigos da gordura abdominal

Os perigos da gordura abdominal – Se acha que querer eliminar a gordura abdominal é mera vaidade ou questão estética, pense duas vezes. Na realidade é muito mais do que isso.

O excesso de gordura abdominal pode representar riscos para a saúde. Sim, além dos efeitos inestéticos, os chamados “pneus” também podem aumentar o risco de doenças cardiovasculares ou diabetes.

O perímetro da cintura é um dos melhores indicadores do estado de saúde e a gordura visceral provoca mais danos do que qualquer outra gordura do corpo, uma vez que é metabolicamente activa e está em contacto com órgãos vitais como o fígado, estômago e intestino.

gordura abdominal

gordura abdominal

Contém ainda grandes quantidades de colesterol e triglicéridos.

A zona abdominal costuma ser uma “dor de cabeça” para quem se preocupa com o corpo. Todos gostaríamos de tê-la lisa e tonificada, mas ela é teimosa e não desaparece com facilidade.

Chamamos de  gordura visceral a gordura que se acumula nas camadas profundas do abdómen, envolvendo os órgãos internos como é o caso do coração, fígado, estômago, rins, intestinos e pâncreas.

A função da gordura visceral é proteger os órgãos do aparelho digestivo, mas o problema é quando o nível de depósito dessa gordura ultrapassa os limites.

Como medir a gordura visceral

Para medir a gordura visceral pode-se fazer uma tomografia computorizada, ressonância magnética ou ecografia. Porém, medir a barriga com fita métrica é uma forma mais simples de verificar se a gordura que se acumula na barriga está em excesso.

Ao medir a circunferência da cintura os homens não devem ter mais de 94 cm e as mulheres mais de 80 cm, pois valores superiores correspondem a um maior risco de ter diabetes e doenças cardiovasculares, como enfarte ou AVC.

Independentemente de qual for a causa da acumulação de gordura na região abdominal, é muito importante combatê-la para prevenir problemas de saúde.

Siga alguns conselhos:

  • Alimentação adequada
  • Prática regular de exercícios cardiovasculares e exercícios localizados
  • Dormir pelo menos 8 horas por noite
  • Beber muita água
  • Desintoxicar o organismo
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas
  • Mastigar bem os alimentos ao ingeri-los

 

Os perigos da gordura abdominal

A mudança no estilo de vida interfere positivamente na perda de peso e, com ela, na circunferência abdominal. Por isso, além da escolha dos alimentos funcionais é preciso reduzir o tamanho das porções.

  • A primeira dica para eliminar a gordura visceral da barriga é optar por uma alimentação equilibrada e saudável, o que significa ingerir mais alimentos nutritivos, como vegetais, proteínas magras e hidratos de carbono complexos. Não é preciso fazer nenhuma dieta restritiva e passar fome, mas sim, investir na reeducação alimentar, que consiste justamente em comer bem.

 

  •  Alimentos termogénicos (limão, chá verde, canela, pimenta, alho, etc), que depois de ingeridos aumentam a temperatura do corpo e, por consequência, o metabolismo, o que promove um maior gasto calórico. Assim, também ajudam a reduzir a gordura visceral. As boas gorduras são outros alimentos importantes e estão presentes nos peixes gordos, azeite de oliva, abacate e em nozes, castanhas, amêndoas, etc.

 

  • Corte no açúcar – a maioria dos alimentos que podem ser encontrados nas superfícies comerciais já vem carregada de níveis de açúcar muito elevados. Leia os rótulos das embalagens dos produtos e escolha os alimentos com menor teor de açúcar.

 

  • Pratique exercício físico regular,  para quem não gosta de ir ao ginásio, pode fazer caminhadas, corridas, andar de bicicleta, fazer ginástica localizada em casa e saltar a corda.

Os perigos da gordura abdominal

Os perigos da gordura abdominal – Pode afectar a vida sexual dos homens

Os homens que apresentam uma acumulação significativa de gordura abdominal, a chamada “barriga de cerveja”, têm menos massa muscular, sendo que os seus níveis de energia e libido são mais baixos, em comparação com os homens que estão em forma.

Além disso, uma das principais consequências da diabetes nos homens é a disfunção eréctil que afecta entre 30 a 50% dos homens que padecem desta doença.

Os homens que apresentam uma acumulação significativa de gordura abdominal, a chamada “barriga de cerveja”, têm menos massa muscular, sendo que os seus níveis de energia e libido são mais baixos, em comparação com os homens que estão em forma.

Além disso, uma das principais consequências da diabetes nos homens é a disfunção eréctil que afecta entre 30 a 50% dos homens que padecem desta doença.

Apesar de todas as dificuldades inerentes à perda de barriga, a verdade é que, através de uma reeducação radical do seu estilo de vida, é possível, observar uma diminuição nos níveis de gordura acumulados na região abdominal e perder a tão indesejável barriga.

Os perigos da gordura abdominal
4.7 (93.71%) 35 votos

3 Comentários

  1. Fernando || 4 Julho, 2017

    Quando o médico me alertou para o perigo que corria devido a minha gordura abdominal, fui obrigado a mudar radicalmente o meu estilo de vida e alimentação

  2. Diana || 24 Junho, 2017

    Somos aquilo que comemos!!!!

  3. Vera Andrade || 13 Maio, 2017

    Tenham uma vida saudável, pratiquem exercício físico e muito cuidado com a alimentação…

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*