Desvendando os Mitos e Verdades sobre a Água com Gás

Desvendando os Mitos e Verdades sobre a Água com Gás

A água com gás tem conquistado cada vez mais adeptos como alternativa refrescante à tradicional água sem gás, mas será que conhecemos verdadeiramente esta bebida efervescente?

Juntamente com esse aumento no consumo, surgiram diversos mitos e conceções erradas sobre os seus efeitos na saúde.

Este artigo tem como objetivo desmistificar essas noções, diferenciando os mitos das verdades científicas relacionadas ao consumo de água com gás.

Com isso, esperamos proporcionar uma visão clara e fundamentada, permitindo que os leitores façam escolhas informadas sobre incluir ou não a água com gás na sua dieta diária.

O Que é Água com Gás?

Designada tecnicamente por água gaseificada, a água com gás resulta da dissolução de dióxido de carbono sob pressão na água, criando aquelas “bolhinhas” que muitos consideram particularmente refrescantes. Há variantes naturais, nas quais a água é naturalmente enriquecida com gás proveniente de fontes ou poços minerais, e variantes artificiais, onde o processo é induzido de forma mecânica.

Mitos e Verdades sobre a Água com Gás

Mito 1 – A água com gás é prejudicial para os ossos

Um dos mitos mais persistentes sobre a água com gás é que ela pode ser prejudicial para a saúde óssea devido ao seu teor de ácido carbónico. No entanto, estudos científicos mostram que não há evidências sólidas que sustentem essa afirmação. Na verdade, uma revisão de estudos publicada no Journal of Bone and Mineral Research concluiu que o consumo moderado de água com gás não está associado a um maior risco de fraturas ou problemas ósseos.

Verdade – A água com gás pode ajudar na digestão

Contrariando outro mito, a água com gás pode, na verdade, ajudar na digestão. O gás carbonatado presente na água pode estimular os receptores de acidez no estômago, promovendo a produção de sucos gástricos e facilitando a digestão de alimentos. No entanto, é importante consumi-la com moderação, pois o excesso de gás pode causar desconforto digestivo em algumas pessoas.

água com gás
Desvendando os Mitos e Verdades sobre a Água com Gás 3

Mito 2 – A água com gás é mais prejudicial para os dentes do que a água normal

Embora seja verdade que algumas águas com gás podem ser ligeiramente ácidas devido ao dióxido de carbono dissolvido, a maioria das marcas comerciais possui um pH neutro ou ligeiramente alcalino, o que significa que não são mais prejudiciais para os dentes do que a água normal. No entanto, águas com gás aromatizadas ou adicionadas de açúcares podem representar um risco maior de cáries dentárias.

Verdade – A água com gás pode ajudar a aliviar a obstipação

Outro mito comum é que a água com gás pode causar obstipação devido ao gás presente na bebida. No entanto, muitas pessoas relatam o contrário – que a água com gás pode, na verdade, aliviar a obstipação. A efervescência da água com gás pode ajudar a estimular os movimentos intestinais, facilitando a passagem das fezes.

Mito 3 – A água com gás causa inchaço e gases

Embora algumas pessoas possam experimentar inchaço e gases ao consumir água com gás em excesso, para a maioria das pessoas, o consumo moderado não causa esses problemas. De fato, algumas pessoas relatam que a água com gás pode ajudar a aliviar o inchaço e a sensação de gases, especialmente quando consumida após as refeições.

Desvendando os Mitos e Verdades sobre a Água com Gás

Verdade – A água com gás pode proporcionar uma sensação de saciedade

Uma das vantagens da água com gás é que ela pode ajudar a controlar o apetite e proporcionar uma sensação de saciedade. O gás carbónico presente na bebida expande o estômago temporariamente, o que pode ajudar a reduzir a fome e a ingestão de alimentos, especialmente quando consumida antes das refeições.

Mito 4 – A água com gás é menos hidratante do que a água normal

Há um equívoco comum de que a água com gás é menos hidratante do que a água normal devido ao gás adicionado. No entanto, não há evidências científicas para apoiar essa afirmação. A água com gás é igualmente eficaz na hidratação do corpo, desde que seja consumida em quantidades adequadas.

Verdade – A água com gás pode ajudar a reduzir o consumo de bebidas açucaradas

Para aqueles que estão a tentar reduzir o consumo de bebidas açucaradas, a água com gás pode ser uma excelente alternativa. Com o seu sabor refrescante e sem calorias, a água com gás oferece uma opção saudável e hidratante para substituir refrigerantes e outras bebidas adoçadas.

água com gás
Desvendando os Mitos e Verdades sobre a Água com Gás 4

Em conclusão, a água com gás é uma bebida refrescante e versátil que pode fazer parte de uma dieta equilibrada. Embora existam alguns mitos em volta dos seus efeitos na saúde, a maioria deles não é fundamentada em evidências científicas sólidas.

A água com gás apresenta-se como uma escolha interessante e refrescante, com diversos benefícios para a saúde, desde que consumida de forma equilibrada. Como em tudo na vida, o segredo reside na moderação. Desfrutar de um copo de água com gás pode, de facto, ser mais do que apenas uma experiência agradável – pode ser uma escolha benéfica para o seu bem-estar.

Face aos factos apresentados, a água com gás revela-se não apenas como uma alternativa agradável à água sem gás mas também como uma escolha repleta de benefícios para a saúde, desmitificando algumas ideias preconcebidas que ainda circulam no senso comum. Seja pelo seu auxílio na digestão, pela contribuição para uma hidratação eficiente ou pelo seu potencial papel no controlo do peso, esta bebida efervescente justifica ser considerada com seriedade e moderação na nossa alimentação diária.

É, no entanto, fundamental consumi-la com sensatez, tendo em conta que o seu consumo excessivo pode apresentar desafios, especialmente para pessoas com determinadas sensibilidades digestivas ou dentárias. A moderação emerge, como em tantos outros aspetos da nossa dieta, como a chave para tirar partido dos seus benefícios sem negligenciar a saúde.

Deste modo, incentivamos a descoberta da água com gás como uma maneira refrescante e vantajosa de manter-se hidratado, sempre integrada numa abordagem equilibrada e consciente ao bem-estar geral.

4.5 / 5. Votos: 20

No votes so far! Be the first to rate this post.


AVISO: Nenhuma publicação desta página constitui prática médica e como tal não substitui o conselho e acompanhamento médico.
Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *