Beber água depois de comer melancia ou melão faz mal? 3

Beber água depois de comer melancia ou melão faz mal?

Esta é daquelas crenças que permanecem dinâmicas nos nossos costumes alimentares, mas tem lógica dizer que beber água depois de comer melancia e melão faz mal?

Uma das frutas que mais se consomem na alimentação, a melancia, além de muita água, contém grande concentração de vitaminas e minerais indispensáveis, que regulam e fortalecem o organismo.

A composição muito rica da melancia beneficia o bom funcionamento do intestino, equilibra a temperatura corporal e diminui os riscos de doenças respiratórias, possibilitando o transporte dos nutrientes pela corrente sanguínea.

A melancia é rica em licopeno e vitamina C, são antioxidantes que reforçam a imunidade (mecanismo de defesa do organismo contra substancias estranhas), evita o aparecimento de certos tipos de cancro e protegem a pele contra danos externos.

Por incluir sais minerais, como, por exemplo, o sódio e o potássio, a fruta auxilia o corpo a recuperar os eletrólitos eliminados pelo suor.

Mitos e crenças são parte absoluta das ciências da nutrição, muitos deles enraizados na nossa cultura e outros mantidos pelo medo de algumas interações entre alimentos que podem ser possivelmente prejudiciais para a nossa saúde.

Um dos mitos mais frequentes é o que se refere a beber água depois de comer melão ou melancia

A verdade é que embora muitas pessoas não mencionem quaisquer sintomas após associar estes dois alimentos, o “medo” continua a existir para muitos, especialmente os mais velhos. Mas existirá motivo para este mito?

Estes dois frutos são muito idênticos entre si. Em primeiro lugar, são ambos parecidos com a curgete, a abóbora e o pepino. Em segundo lugar, são pobres em calorias e muito ricos em água.

Para ter uma ideia, 100g de melão ou melancia contem cerca de 93g de água, 25 a 30 calorias e 5,6g de hidratos de carbono. Estes dois frutos são óptimas fontes de licopeno e vitamina A, nomeadamente o melão.

Por esta razão estes frutos são muito consumidos no Verão, sendo maioritariamente utilizados frescos, em sumos ou em smoothies.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é istockphoto-997354774-612x612-2.jpg


Porque razão se diz que beber água depois de comer melancia ou melão faz mal?

Efetivamente, embora grande parte dos profissionais de saúde já tenha confirmado que este mito é errado, alguns garantem que a riqueza em água destes frutos faz com que o pH do estômago – que normalmente se situa entre 1 e 4 – aumente.

Este crescimento estará associado com a pressuposta “diluição” do ácido do estômago, que irá impedir a ativação de algumas enzimas e tornar a digestão menos eficiente, potenciando sintomas como enfartamento e desconforto gástrico.

Contudo, este não é um argumento válido.

A diminuição do pH do estômago não é um fundamento válido

Quando falamos em diluição de ácidos orgânicos e alteração do pH, temos que ter presente que, no caso de um ácido forte, o pH esperado é cerca de de 1, isto significa, muito ácido. Nestes casos, o pH trabalha numa função logarítmica de base 10, isto é para o pH subir de 1 para 2, o ácido deve ser diluído 10 vezes.

Em condições controladas, como em laboratório, a acumulação do ácido só é alterada pela diluição em água destilada, mas quando falamos em suco gástrico, várias causas, ambientais ou mesmo doenças, podem ajudar a alterar este critério.

comer melancia

Quando ingerimos alimentos é ativada uma hormona (gastrina) que faz com que seja libertada água, ácido clorídrico e enzimas para fazer a digestão. Em média, 2000 a 2500ml de suco gástrico são libertados diariamente.

Embora o ácido do suco gástrico seja inconstante, a pepsina (a enzima responsável pela perda das proteínas) tem um pH ótimo de 2 e só a partir dos 3,6 este processo começa a ser comprometido.

A enzima só consegue ser interrompida com um pH de 6.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é istockphoto-538170134-612x612-1.jpg

Para otimizar uma alteração tão grande de pH gástrico, seriam indispensáveis mais litros de água e quilos de melancia do que o estômago humano aguenta.

Além de que, tanto o melão como a melancia não dispõem de proteínas para desnaturar, pelo que se trata de um alimento de fácil digestão pela sua quantidade quase exclusiva em água e açúcar.

Então, beber água depois de comer melão ou melancia faz mal? Não existe confirmação de que estes alimentos, quando consumidos com água, tragam algum dano para a saúde, sobretudo dificuldade de digestão.

Relatos de enfartamento ou indigestão depois da ingestão destes alimentos devem ser analisados caso a caso. Para mais informações visite 1×2 Apostas.

Esta é daquelas crenças que permanecem dinâmicas nos nossos costumes alimentares, mas tem lógica dizer que beber água depois de comer melancia e melão faz mal?

Uma das frutas que mais se consomem na alimentação, a melancia, além de muita água, contém grande concentração de vitaminas e minerais indispensáveis, que regulam e fortalecem o organismo.

A composição muito rica da melancia beneficia o bom funcionamento do intestino, equilibra a temperatura corporal e diminui os riscos de doenças respiratórias, possibilitando o transporte dos nutrientes pela corrente sanguínea.

A melancia é rica em licopeno e vitamina C, são antioxidantes que reforçam a imunidade (mecanismo de defesa do organismo contra substancias estranhas), evita o aparecimento de certos tipos de cancro e protegem a pele contra danos externos.

Por incluir sais minerais, como, por exemplo, o sódio e o potássio, a fruta auxilia o corpo a recuperar os eletrólitos eliminados pelo suor.

Mitos e crenças são parte absoluta das ciências da nutrição, muitos deles enraizados na nossa cultura e outros mantidos pelo medo de algumas interações entre alimentos que podem ser possivelmente prejudiciais para a nossa saúde.

Um dos mitos mais frequentes é o que se refere a beber água depois de comer melão ou melancia

A verdade é que embora muitas pessoas não mencionem quaisquer sintomas após associar estes dois alimentos, o “medo” continua a existir para muitos, especialmente os mais velhos. Mas existirá motivo para este mito?

Estes dois frutos são muito idênticos entre si. Em primeiro lugar, são ambos parecidos com a curgete, a abóbora e o pepino. Em segundo lugar, são pobres em calorias e muito ricos em água.

Para ter uma ideia, 100g de melão ou melancia contem cerca de 93g de água, 25 a 30 calorias e 5,6g de hidratos de carbono. Estes dois frutos são óptimas fontes de licopeno e vitamina A, nomeadamente o melão.

Por esta razão estes frutos são muito consumidos no Verão, sendo maioritariamente utilizados frescos, em sumos ou em smoothies.

Beber água depois de comer melancia ou melão faz mal? 4


Porque razão se diz que beber água depois de comer melancia ou melão faz mal?

Efetivamente, embora grande parte dos profissionais de saúde já tenha confirmado que este mito é errado, alguns garantem que a riqueza em água destes frutos faz com que o pH do estômago – que normalmente se situa entre 1 e 4 – aumente.

Este crescimento estará associado com a pressuposta “diluição” do ácido do estômago, que irá impedir a ativação de algumas enzimas e tornar a digestão menos eficiente, potenciando sintomas como enfartamento e desconforto gástrico.

Contudo, este não é um argumento válido.

A diminuição do pH do estômago não é um fundamento válido

Quando falamos em diluição de ácidos orgânicos e alteração do pH, temos que ter presente que, no caso de um ácido forte, o pH esperado é cerca de de 1, isto significa, muito ácido. Nestes casos, o pH trabalha numa função logarítmica de base 10, isto é para o pH subir de 1 para 2, o ácido deve ser diluído 10 vezes.

Em condições controladas, como em laboratório, a acumulação do ácido só é alterada pela diluição em água destilada, mas quando falamos em suco gástrico, várias causas, ambientais ou mesmo doenças, podem ajudar a alterar este critério.

comer melancia

Quando ingerimos alimentos é ativada uma hormona (gastrina) que faz com que seja libertada água, ácido clorídrico e enzimas para fazer a digestão. Em média, 2000 a 2500ml de suco gástrico são libertados diariamente.

Embora o ácido do suco gástrico seja inconstante, a pepsina (a enzima responsável pela perda das proteínas) tem um pH ótimo de 2 e só a partir dos 3,6 este processo começa a ser comprometido.

A enzima só consegue ser interrompida com um pH de 6.

Beber água depois de comer melancia ou melão faz mal? 5

Para otimizar uma alteração tão grande de pH gástrico, seriam indispensáveis mais litros de água e quilos de melancia do que o estômago humano aguenta.

Além de que, tanto o melão como a melancia não dispõem de proteínas para desnaturar, pelo que se trata de um alimento de fácil digestão pela sua quantidade quase exclusiva em água e açúcar.

Então, beber água depois de comer melão ou melancia faz mal? Não existe confirmação de que estes alimentos, quando consumidos com água, tragam algum dano para a saúde, sobretudo dificuldade de digestão.

Relatos de enfartamento ou indigestão depois da ingestão destes alimentos devem ser analisados caso a caso. Para mais informações visite 1×2 Apostas.

4.4 / 5. Votos: 16

No votes so far! Be the first to rate this post.

Partilhar este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *