Equinácea - a planta que reforça o sistema imunitário 3

Equinácea – a planta que reforça o sistema imunitário

A Equinácea (Echinacea) é uma planta medicinal que pertence à família botânica de espécies como o girassol (Helianthus), a margarida (Bellis perenis), o crisântemo (Chrysanthemum sp), etc.

Proveninente do leste e centro da América do Norte, a Equinácea (Echinacea) pertencente a família Asteraceae, é composta por nove espécies, sendo as mais utilizadas na área medicinal a Echinacea purpurea, a Echinacea angustifolia e a Echinacea pallida.

O seu nome deriva do grego echînos, que significa ouriço, em virtude do cone central da flor.

A equinácea, apreciada pelos índios americanos como abençoada, é uma das plantas medicinais mais importantes e utilizadas.

Os nativos do continente americano, como os Sioux e os Comanches, usavam esta planta em inúmeras situações, não só interna como externamente: febres, dores de garganta, de cabeça, de dentes, mordeduras de cobras, irritações da pele, entre outras.

Atualmente, está presente na composição de vários produtos farmacêuticos, sendo que a equinácea é uma das plantas sobre a qual existe um número elevado de estudos científicos realizados.

Equinácea - a planta que reforça o sistema imunitário 4

O efeito da equinácea é, fundamentalmente preventivo, pois estimula as defesas do organismo.

Por isso, esta planta pode ser relevante em muitas doenças infecciosas tais como sinusites, amigdalites, gripes, infecções respiratórias, etc., sendo essencialmente utilizada no tratamento de constipações.

Para poder tirar proveito dos efeitos desta planta poderá comprar sob diversas formas.

Deste modo, existem vários preparados aos quais poderá utilizar: pomadas, cremes, cápsulas, extracto líquido ou tintura e até batons para os lábios. A equinácea pode ser adquirida em farmácias, lojas de produtos naturais e ervanárias.

Benefícios da Equinácea:

– Combate Bactérias e Vírus;

– Reforça o sistema imunológico;

– Reduz as inflamações;

– Aumenta o processo de regeneração e cicatrização da pele;

– Melhora o funcionamento das vias respiratórias;

– Previna o aparecimento de infecções orais;

– Alivia os sintomas de ansiedade e depressão;

– Combate infecções da pele;

– Ação antioxidante e combate os radicais livres;

– Contém zinco e vitamina c;

– Combate a hipertensão;

– Melhora os níveis de oxigénio no sangue;

– Favorece o metabolismo e gera energia para o corpo;

– Ameniza dores e desconfortos físicos;

– Auxilia na eliminação de toxinas presentes no fígado;

– Ajuda a melhorar a função do sistema renal e do sistema linfático;

Confira em Bettilt Portugal

Também tem sido alvo de estudo o contributo da equinácia para o aumento da população glóbulos brancos e das defesas do organismo após tratamentos de radioterapia ou quimioterapia.

Em ambos os casos, a sua utilização deve ser sempre considerada como complemento de outros tratamentos.

Equinácea - a planta que reforça o sistema imunitário 5

Como utilizar a equinácea:

Rica em ácidos fenólicos e contribui nas defesas naturais do organismo. Ideal nas mudanças de estação e no Inverno, ajuda nas questões de saúde respiratória.

Em cápsulas – indicado como suplemento alimentar para adultos a dose aconselhada é de 1 a 3 cápsulas por dia, idealmente às refeições ou segundo prescrição médica / técnico de saúde. Não deve exceder a toma diária indicada.

Em infusão de saquetas – em forma de chá, pode tomar até 3 chávenas por dia. Utilize 1 saqueta por chávena. Deixar em infusão durante 3 a 5 minutos.

Em infusão de flores, folhas ou raízes secas – deve colocar 2 colheres de chá ou um punhado de folhas frescas ou secas para cada chávena de água. Coloque equinácea na água a ferver durante cerca de quinze minutos deixando em lume brando, em seguida coe e está pronto. Pode adoçar com mel ou adoçante natural.

Em creme ou pomada – usar na área afetada sempre que necessário, para ajudar no tratamento de feridas na pele ou tratar outros géneros de problemas de pele como acne, peles ásperas, borbulhas, pequenas feridas, pele esfolada e picadas de insetos.

Não obstante os diversos estudos realizados sobre a equinácea não exista alusão a efeitos secundários e reacções adversas, em caso de dúvida, deverá sempre aconselhar-se junto do seu médico assistente.

Nota importante – Ainda que esta planta apresente diversos benefícios, o chá de equinácea não é indicado para pessoas que sofrem com tuberculose, HIV ou esclerose múltipla. Ele também pode causar reações alérgicas a quem tem alergia às plantas da família das herbáceas e não deve ser consumido por grávidas ou crianças.

4.6 / 5. Votos: 16

No votes so far! Be the first to rate this post.

Partilhar este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *