Alimentação antes e depois do treino

A alimentação pré e pós-treino é extremamente importante para um individuo activo e praticante regular de exercício físico. Esta alimentação, se for cuidada, garante um melhor rendimento no treino, uma melhor recuperação e menoriza ainda os riscos de lesões musculares.

Se for ao ginásio pela manhã é essencial fazer uma refeição para compensar o jejum nocturno e evitar uma quebra de glicemia.

A alimentação pré e pós-treino é extremamente importante para um individuo activo e praticante regular de exercício físico. Esta alimentação, se for cuidada, garante um melhor rendimento no treino, uma melhor recuperação e menoriza ainda os riscos de lesões musculares.

Durante a actividade física perdemos grande quantidade de água e sais minerais, ou seja, desidratamos. Quando estamos desidratados pode ocorrer aumento da temperatura corporal, dor de cabeça, fadiga e fraqueza, estados que podem comprometer o desempenho durante o exercício.

Para evitar estas situações é necessário ingerir água antes, durante e depois da actividade física.

O ómega 3 mantém a fluidez do sangue e com isso leva mais oxigénio para os músculos aumentando a força e diminuindo o risco de doenças como aterosclerose, colesterol ou enfarte.

Alimentação antes e depois do treino

Alimentação antes e depois do treino 

Quer faça apenas umas corridas ao fim de semana ou vá várias vezes por semana ao ginásio a alimentação pré-treino vai ser fundamental para uma boa performance.

Os alimentos a escolher devem ter hidratos de carbono de qualidade, proteína magra, gordura vegetal saudável e não esquecer os fluidos (água, sumos, smothies, sopas)!

Alimentação antes e depois do treino

1 a 2 horas antes do treino:
1 peça de fruta + 1 iogurte magro + flocos de cereais integrais
OU 1 fatia de pão escuro com doce + sementes
OU smothie de fruta (pode juntar alface) com flocos de aveia pré cozinhados + sementes
OU queijo magro + 1 peça de fruta

Aveia – Favorece o funcionamento intestinal, reduz a absorção de colesterol, ajuda a controlar os níveis de glicemia e é muito saciante. É também um cereal muito versátil, podendo ser consumida em papas, demolhada em água ou iogurte (overnight oats), triturada em batidos, ou integrada em bolachas.

Banana – É o clássico da nutrição desportiva. Embora o seu potencial para evitar as cãibras seja um assunto que não reúne consenso na comunidade científica, é um fruto muito rico em vitaminas, minerais e hidratos de carbono, sendo uma excelente opção antes e depois do treino.

Iogurte natural – Além de ser uma fonte importante de proteínas, vitaminas e minerais, destaca-se por ser um alimento probiótico, ou seja, por favorecer a imunidade e uma flora intestinal saudável e ter melhor digestibilidade que o leite.

Ovos – Considerados por muitos como um superalimento, os ovos são uma excelente fonte de proteína de alto valor biológico, vitaminas e minerais e são também extremamente versáteis.

Após o treino, o organismo age como uma esponja. Tudo que é ingerido é absorvido rapidamente, pois o corpo necessita de alimentos para repor o que foi perdido.

Alimentação antes e depois do treino

Alimentação antes e depois do treino
4.7 (94.4%) 25 votos

2 Comentários

  1. Cristina || 22 Abril, 2016

    parabéns pelo artigo pois ainda hoje existem pessoas que não sabem da importância da alimentaçao antes e depois dos treinos

  2. Sofia Silva || 22 Abril, 2016

    Alimentação adequada para quem pratica exercício físico importante

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*