Cereais integrais

Os cereais integrais contêm nutrientes tais como a vitamina E, vitaminas do complexo B e minerais como o selênio, zinco, cobre, ferro, magnésio e fósforo. Também são ricos em carboidratos complexos e fibras e apresentam um baixo teor de gorduras. Quando usados em combinação com feijão e outras leguminosas, tornam-se uma boa fonte de proteínas. Grãos integrais contêm componentes adicionais chamados fitoquímicos ou fito nutrientes.

Cereais integrais
É indicado usar grãos integrais, pois ingerindo a mesma quantidade de energia de um alimento comum, o indivíduo adquire maior quantidade de minerais, vitaminas, fibras, antioxidantes, lipídios, proteínas e outros nutrientes.
O ideal para uma dieta saudável é o consumo de cinco a seis porções de grãos ao dia, sendo que destas devemos ingerir ao menos três porções de cereais integrais.

Cereais integrais

Cereais integrais

Alguns tipos de cereais:

Aveia: utilizada nos cereais em flocos e em biscoitos. O farelo de aveia tem um alto teor de fibras solúveis, que ajudam a baixar os níveis de colesterol no sangue. Ainda proporciona um aproveitamento melhor da insulina, factor importante no emagrecimento.

Quantidades de nutrientes em 100g de aveia em flocos
Calorias: 389 kcal
Carboidratos: 66,2g
Proteínas: 16,9g
Gorduras totais: 6,9g (sendo 2,5g de polinsaturados)
Fibra: 10,6g


Centeio: contém um pouco de glúten, porém menos que a farinha de trigo, motivo pelo qual os pães de centeio tendem a ser pesados e húmidos. O centeio também é usado em alguns biscoitos e no pão torrado.
Quantidades de nutrientes em 100g da farinha de centeio
Calorias: 324 kcal
Carboidratos: 69,0g
Proteínas: 14,0g
Gorduras totais: 2,7g
Fibra: 22,6g


Arroz: Entre as suas variedades o arroz integral deve ser preferido ao grão polido, já que retém todos os seus minerais, vitaminas e fibras. O arroz integral de grão longo é leve e solto, e seu sabor aproxima-se mais ao sabor do arroz branco ao qual tantas pessoas estão habituadas. O arroz integral de grão curto tem uma textura mais grossa e um sabor mais acentuado; demora mais para cozinhar do que o arroz branco. O arroz integral é um alimento rico em vitaminas do complexo B e proporciona ainda pequenas quantidades de cálcio e de fósforo.
Quantidades de nutrientes em 100g de arroz integral cozido
Calorias: 124 kcal
Carboidratos: 25,8g
Proteínas: 2,6g
Gorduras totais: 1,0g
Fibra: 2,7g


Cevada: alimento básico do oriente médio. É conhecida entre nós principalmente como ingrediente de sopas. Tem um sabor adocicado que o torna um suplemento interessante nos pratos que vão ao forno e nas saladas.
Quantidades de nutrientes em 100g de cevada em grãos
Calorias: 354 kcal
Carboidratos: 73,5g
Proteínas: 12,5g
Gorduras totais: 2,3g
Fibra: 17,3g


Amaranto: originário da América do Sul e Central, contém alto teor de proteínas, e quantidades importantes de lisina.
Quantidades de nutrientes em 60g de amaranto
Calorias: 224 kcal
Carboidratos: 38,6g
Proteínas: 8,1g
Gorduras totais: 4,1g (sendo 1,8g de poli-insaturadas)
Fibras: 3,6g


Quinoa: É rico em aminoácidos essenciais, vitaminas e minerais. Contém fibras e costuma ser encontrado integral na forma de farinha, flocos, macarrão ou grão. Pode ser usado no preparo de pães, biscoitos, bolos, sopas e refogados.
Quantidades de nutrientes em 100g de quinoa
Calorias: 397,7 kcal
Carboidratos: 73,3g
Proteínas: 12g
Gorduras totais: 6g
Fibras: 3,1g

Cereais integrais

Cereais integrais
Vote neste artigo

2 Comentários

  1. mafalda nunes || 2 Março, 2016

    Adoptei a quinoa e a aveia para sempre na minha alimentação e a minha saúde agradece!

  2. Bruna Carvalho || 2 Março, 2016

    Os cereais fazem parte da minha alimentação diária. Experimentem

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*