Mangostão - origem nas florestas húmidas

Mangostão – origem nas florestas húmidas

mangostão

Partilhar este artigo

O mangostao tem a sua origem nas florestas húmidas do sudoeste asiático, contudo, actualmente é possível encontrá-lo na maioria das zonas tropicais por todo o mundo, nomeadamente, Tailândia, Índia, Malásia e até mesmo no Brasil.

É uma fruta tropical exótica com sabor levemente adocicado.

O alimento apresenta casca grossa e cor arroxeada, já seu interior é esbranquiçado e suculento.

Muitas das propriedades terapêuticas do mangostao devem-se às xantonas, que existem no fruto em grande quantidade e que oferecem enormes benefícios para o nosso organismo.

Por outras palavras, as xantonas têm múltiplas capacidades bioactivas, tais como agentes anti-inflamatórios e antioxidantes, mas estão restringidas geograficamente a algumas plantas do sudoeste asiático.

Fruta Mangostao

As propriedades terapêuticas e os benefícios para a saúde proporcionados pelo Mangostao são imensas e muito importantes.

Trata-se de um suplemento alimentar natural que ajuda a combater ou reverter grande quantidade de doenças.

As Xantonas pertencem a uma nova classe de fito nutrientes que veio revolucionar a comunidade científica devido às suas fabulosas propriedades nutricionais e poder antioxidante.

Para além disso, apresentam também a capacidade de suportar o sistema imunitário e conferir uma enorme protecção aos danos provocados pelo envelhecimento do nosso organismo.

As xantonas são compostos naturais, sendo a casca de mangostao a principal fonte, conhecida, destes nutrientes.

O que significa que não existe nenhuma outra fonte comestível com tamanha concentração de xantonas.

Em todo o mundo, estão identificadas 200 xantonas, estando 43 delas no mangostao, o que faz dele a maior fonte de xantonas do mundo.

Trata-se pois de um super fruto com uma potente actividade antioxidante, anti-inflamatória, antibacteriana e anti tumoral, podendo inclusive provocar a morte das células tumorais.

Os seus efeitos permitem desinflamar as articulações e a redução das dores provocadas pela artrite reumatóide, lúpus e psoríase.

mangostão
Mangostão - origem nas florestas húmidas 2

É considerado bastante eficaz em alergias e herpes, problemas respiratórios, eczemas na pele, infecções, cancro e reumatismo.

Pode ser consumido em sumo, xarope, elixir, comprimidos ou no caso da pele, em cremes.

Benefícios do Mangostão para a sua saúde

Pele saudável

Os benefícios também incluem melhora do aspecto da pele, como auxílio no tratamento de inflamações, prevenção do envelhecimento precoce e combate a micro-organismos maléficos.

✓ Sistema gastrointestinal

Benéfico para o sistema gastrointestinal Uma das principais virtudes do mangostão é encontrada no sistema gastrointestinal.

Em particular, este fruto é capaz de melhorar as funções intestinais e reequilibrar a flora bacteriana. Por esta razão, o sumo de casca de mangostão ou decocção tem sido utilizado há séculos pelas populações asiáticas para combater a diarreia, o inchaço intestinal e a obstipação.

✓ Útil para o sistema nervoso

O Mangostão também parece ter efeitos benéficos no cérebro e sistema nervoso: ajuda a prevenir doenças degenerativas e depressão.

✓ Aliado do sistema imunitário

Boa fonte de vitamina C e antioxidantes, substâncias que promovem um sistema imunitário saudável através do seu fortalecimento. Por outro lado, a presença de fibra promove uma flora intestinal saudável, outro elemento fundamental para um sistema imunitário forte.

Mangostão - origem nas florestas húmidas

✓ Ajuda na perda de peso

O consumo deste fruto parece ser uma ajuda potencial na perda de peso desde que esteja incluído num contexto de alimentação saudável e de actividade física.

Especificamente, num estudo, verificou-se que as pessoas que complementavam a sua dieta com sumo de mangostão duas vezes por dia tendiam a ter um índice de massa corporal mais baixo do que as que não o tomavam.

✓ Regula a glucose no sangue

Graças à presença de xantonas, o mangostão ajuda a regular a concentração de açúcar no sangue, tornando-o assim um aliado na gestão da glucose no sangue.

Além disso, os extractos de mangostão são alegadamente úteis na redução da resistência insulínica em indivíduos obesos.

Onde comprar o Mangostão? O mangostão ainda é um fruto pouco comum no nosso país.

Os melhores locais para comprar a fruta fresca são lojas especializadas em linha. O sumo do Mangostão e os suplementos, por outro lado, podem ser encontrados em lojas de produtos naturais físicas e online.

FAQS

  • O que é o mangostão?

    O mangostão (Garcinia mangostana) é uma fruta exótica originária do Sudeste Asiático. Ela é conhecida pelo seu sabor único e pelas suas potenciais propriedades antioxidantes.

  • Como é o sabor do mangostão?

    O mangostão tem um sabor doce e suave, frequentemente descrito como uma mistura de morango, pêssego e cítricos.

  • Quais são os benefícios do mangostão para a saúde?

    O mangostão é valorizado pela presença de compostos antioxidantes, como os xantonas, que podem ajudar a combater o stress oxidativo no corpo. Além disso, a fruta contém vitaminas e minerais essenciais.

  • O mangostão ajuda na perda de peso?

    Não há evidências científicas sólidas que comprovem que o mangostão tenha efeitos diretos na perda de peso. Consumir uma variedade de frutas e manter um estilo de vida saudável é importante para a gestão do peso.

  • O mangostão é seguro para consumo?

    O mangostão é geralmente considerado seguro para consumo quando adquirido de fontes confiáveis. No entanto, é sempre aconselhável lavar e descascar a fruta antes de consumir.

  • O mangostão tem efeitos colaterais?

    Consumir mangostão em quantidades normais é seguro para a maioria das pessoas. No entanto, o consumo excessivo pode levar a problemas digestivos devido ao teor de fibra.

  • O mangostão é benéfico para a pele?

    Devido aos seus compostos antioxidantes, o mangostão pode ter benefícios para a saúde da pele, ajudando a combater o stress oxidativo que contribui para o envelhecimento prematuro.

4.6 / 5. Votos: 92

No votes so far! Be the first to rate this post.


AVISO: Nenhuma publicação desta página constitui prática médica e como tal não substitui o conselho e acompanhamento médico.
Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *