Pilates ou yoga: principais diferenças

Pilates ou yoga – As opções de exercícios físicos para o universo feminino são inúmeras. A cada dia surgem novas modalidades ou outras tantas são adaptadas para atender os anseios das mulheres. Hoje vamos fazer um exercício comparativo entre o Yoga e o Pilates.

Embora a prática de Pilates tal como o Yoga, respeitem a ligação entre movimento e respiração, são formas diferentes. Ambos usam exercícios suaves e coordenados, realizados numa esteira, mas de facto as suas origens e métodos são bastante diferentes.

O Yoga teve origem na Índia há milhares de anos. A primeira cerâmica que mostra um homem sentado de pernas cruzadas, data de 5000 anos A.C.

Foi difundido pela primeira vez, no ocidente por Swami Vivekananda, quando se realizou em Chicago, no ano de 1893, no Parlamento das Religiões.

O método Pilates deve o seu nome ao fundador Joseph Pilates. Quando Pilates era uma criança, sofreu de várias doenças que limitavam a sua mobilidade e resistência. Pilates percebeu que a educação física lhe poderia aliviar muitos sintomas.

Criou o seu próprio estilo e passou a ser reconhecido quando nos anos 60 vai viver para Nova Iorque e abre o seu estúdio.

Pilates ou yoga: principais diferenças

YOGA

O número de posturas e exercícios de respiração é infinito graças as diferentes combinações entre eles. A maioria delas foram concebidas para atingir um estado mental mais calmo e um corpo mais relaxado, o que ajuda a ter uma experiência de meditação mais profunda.

No yoga, os principais benefícios são:

> Promove o auto-conhecimento e paz interior
> Fortalece o sistema imunológico
> Melhora o sistema cardiovascular
> Melhora o sistema cardiorespiratório
> Melhora o sistema nervoso
> Melhora o funcionamento do aparelho digestivo
> Melhora a postura
> Melhora a flexibilidade
> Melhora o equilíbrio

A prática de yoga é indicada para pessoas que sofram de:

Depressão
Ansiedade
Artrite
Pressão arterial elevada
Esclerose múltipla
Problemas respiratórios
Diabetes tipo 2
Dor crónica

Pilates ou yoga: principais diferenças

Pilates ou yoga: principais diferenças

As aulas de Yoga podem ser muito diversificadas, dependendo do estilo de yoga, que se deseja praticar. As aulas são compostas por vários momentos: relaxamento inicial, prática de técnicas de respiração, prática de posturas, relaxamento final e meditação.

É possível praticar yoga em qualquer idade e independentemente da condição física, porque sempre existem variações das posturas, para cada problema. O yoga permite aumentar o tónus muscular, a flexibilidade, a consciência do corpo, da respiração, da concentração. É sempre realizado num tapete antiderrapante.

As aulas de Pilates são mais consistentes no dia-a-dia, porque o método não possui vários estilos de prática como o yoga. Os exercícios de Pilates são realizados em decúbito dorsal, decúbito lateral ou de pé. Os exercícios são de baixo impacto, criando fortalecimento muscular e flexibilidade. Executam-se sobre um tapete, embora muitos estúdios ofereçam como alternativa uma série de máquinas criadas pelo próprio Joseph Pilates.

Pilates ou yoga

No pilates, os principais benefícios são:

Diminui da dor nas articulações
Aumenta a força muscular
Aumenta a resistência
Melhora o equilíbrio
Melhora a flexibilidade
Melhora a postura
Trabalha a concentração
Melhora o sistema cardiorespiratório

A prática de pilates é indicada para pessoas que sofram de:

Incontinência urinaria
> Artrite
> Dor nas costas
> Patologias da coluna vertebral (escoliose, hiperlordose, cifose, etc.)
> Lesões nas articulações
> Problemas respiratórios

 

Pilates ou yoga: principais diferenças

Espiritualidade

No yoga, a espiritualidade vive de mão dada com a prática, sobretudo devido às raízes históricas e filosóficas do yoga. O yoga é considerado uma filosofia de vida. A prática de respiração, asanas, relaxamento e meditação, leva a essa descoberta de um eu, mais respeitador e mais respeitado. Um eu mais construtivo.

O modo como a aula de Pilates se constrói pode aliviar o stress diário, mas não tem qualquer ligação a uma espiritualidade, que leve a individuo a crescer enquanto pessoa.

Para saber qual o método que mais se adequa à sua forma de ser, pilates ou yoga, o melhor é experimentar as duas práticas e depois decidir. Não se esqueça, procure sempre um professor devidamente certificado.

Pilates ou yoga: principais diferenças
4.5 (90.91%) 22 votos

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*