Benefícios dos Leites Vegetais

O leite de vaca é um alimento natural, fornece, por si só, uma proteína de excelente qualidade, com uma quantidade equilibrada dos seus aminoácidos. É assim equivalente à proteína da carne, peixe ou ovo. O leite de vaca é, ainda, um alimento que contém naturalmente , fósforo e vitaminas B2 e B12. Estes nutrientes podem ter alterações conforme o tipo de pastagem das vacas, sendo a pastagem livre a mais adaptada aos animais.

Por outro lado as bebidas (soja, amêndoa, aveia, arroz, avelã e coco, entre outras) são alimentos obtidos através da demolha (e por vezes cozedura) dos seus ingredientes-chave, seguida de trituração com água e filtragem.

Não se tratando de produtos naturais, necessitam de vários aditivos, para que o produto se mantenha estável até chegar ao consumidor, nomeadamente: reguladores de acidez, estabilizadores, emulsionantes e/ou espessantes.

As bebidas vegetais são também geralmente suplementadas com nutrientes, como o cálcio ou adicionando as vitaminas B2, B12, D e por vezes a E.

Actualmente, todos conhecem os inconvenientes do leite de vaca. Apesar de continuar a ser um dos mais consumidos, os efeitos que este alimento provoca faz com que cada vez mais pessoas procurem por alternativas.

A sociedade está a abandonar o leite animal. Algumas pessoas porque são intolerantes à lactose [açúcar do leite], e não podem mesmo beber, outras porque são mais sensíveis e ela provoca-lhes desconforto. Há ainda um grupo de pessoas que deixou consumir este produto porque considera simplesmente que ela não é a opção mais saudável.

Leites Vegetais

Leites Vegetais foto

Existem cada vez mais soluções no mercado para substituir o leite animal. São as bebidas vegetais, que já existem em quase todos os supermercados e em várias versões: de soja, aveia, amêndoa, arroz e até de coco.

Leite de amêndoas – Outra das melhores opções em relação a leites vegetais é o . Trata-se de um leite com uma grande quantidade de nutrientes e que fornece bastante energia para todo o dia. É excelente para crianças em fase de crescimento. O seu consumo é ideal para as pessoas com problema digestivos ou de estômago, e para ajudar a reduzir os níveis de colesterol no sangue. Para além de tudo isso, é ainda rico em minerais como ferro, magnésio e cálcio.

Leite de aveia – Trata-se de um leite de origem vegetal que tem vindo a ganhar cada vez mais aceitação junto das pessoas graças aos seus inúmeros benefícios. O leite de aveia tem uma grande quantidade de energia, ao mesmo tempo que é pouco calórico, pelo que é ideal para todas as pessoas interessadas em perder peso. Por ter um alto conteúdo em fibras, é perfeito para ajudar a melhorar todo o sistema digestivo e para saciar o apetite. Para além disso, a sua ingestão ajuda a diminuir o colesterol e a diminuir os riscos de vir a sofrer diabetes do tipo 2.

Leites Vegetais

Leite de arroz – Trata-se de um dos leites vegetais mais consumidos na actualidade juntamente com o leite de aveia e de amêndoas. Trata-se de um leite ideal para pessoas com problemas de intolerância à lactose e ao glúten. Por ser uma excelente fonte de hidratos de carbono é um leite perfeito para começar o dia com energia e com as pilhas totalmente carregadas. Para além disso, o seu consumo ajuda a melhorar todo o tracto intestinal e é também uma excelente bebida para crianças pois contém uma grande quantidade de cálcio.

O leite de arroz não deve ser confundindo com a “água de arroz”, usada normalmente quando sofremos de diarreia. Este leite é feito a partir dos grãos do arroz frescos, moídos, cozidos e fermentados.

Leite de soja – O leite de soja é rico em cálcio, proteínas, potássio e magnésio. Um dos principais benefícios do leite de soja está no fato de conter isoflavanas. Trata-se de um fotoquímico capaz de atenuar os sintomas da menopausa por participar da produção, do metabolismo e da acção dos hormonas sexuais. Em outras palavras, as isoflavonas actuam como um substituto do estrógeno (hormona que sofre notável queda no período do climatério) e contribuem para a manutenção do equilíbrio hormonal.

Leites Vegetais

Leites Vegetais – outras opções

Apesar de apresentarem muito menos calorias e gordura, estas bebidas têm um problema: regra geral, têm excesso de açúcar. Além disso, apresentam um teor muito mais reduzido de proteína e de cálcio.

Outras opções:

Leite de cevada – Rico em hidratos de carbono e pobre em gordura, contém glúten, não sendo indicado em casos de doença celíaca.

Leite de castanhas – É o mais rico em vitamina C. Contém elevado teor de hidratos de carbono (amido) e calorias.

Leite de quinoa – Contém pouco glúten. A quinoa é relativamente pobre de gordura e mais rica em ferro e cálcio do que os cereais.

Leite de sésamo – Rico em gorduras insaturadas, vitamina E, proteínas, cálcio, ferro, niacina, magnésio e ácido fólico. Tem um valor energético elevado.

Leite de cânhamo – Rico em minerais e aminoácidos essenciais, este leite é o mais interessante sob o ponto de vista nutricional.

Benefícios dos Leites Vegetais
4.7 (93.1%) 29 votos

2 Comentários

  1. Rute Osório || 12 Junho, 2017

    Desde que descobri a minha intolerância a lactose, bebo leite de soja.

  2. Claudia || 2 Janeiro, 2017

    Sou fã do leite de aveia, recomendo.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*