Alimentos funcionais o que são

Alimentos funcionais o que são

Os alimentos funcionais têm vindo a ganhar destaque nas discussões sobre saúde e bem-estar. Mas o que são, afinal, os alimentos funcionais e por que são tão importantes para a nossa dieta?

Alimentos funcionais são alimentos ou ingredientes que, além das funções nutricionais básicas, quando consumidos como parte da alimentação habitual, produzem efeitos metabólicos, fisiológicos e/ou benéficos à saúde.

Vão para além de simplesmente saciar a fome; estes alimentos podem ajudar a prevenir doenças, melhorar a digestão, fortalecer o sistema imunitário e até mesmo promover a longevidade.

Os principais alimentos classificados como funcionais são:

  • Alimento natural (soja, cereais integrais (aveia, centeio, cevada e farelo de trigo), tomate, uvas, frutos vermelhos, couve-flor, brócolos, linhaça, leite fermentado, peixe gordo, entre muitos outros);

  • Enriquecido com vitaminas, minerais, culturas bacterianas (ex: bifidobactérias), ácidos gordos ómega-3, fibras, entre outros.

São vários os alimentos funcionais disponíveis, tais como leite e produtos lácteos, matérias gordas para barrar, cereais, bolachas, pão e bebidas, entre outros.

Verifique alguns exemplos:

  • Peixes gordos – ex.: sardinha, salmão, atum, anchova e arenque (naturalmente ricos em ácidos gordos ómega 3). Ajudam na diminuição do “mau colesterol” – o colestrol LDL. Têm uma acção anti-inflamatória, são ainda indispensáveis para o adequado desenvolvimento do cérebro e da retina dos recém-nascidos;

  • Margarinas com esteróis vegetais (que podem ajudar a melhorar o perfil lipídico, contribuindo para a redução do “mau colesterol”);

  • Pão com prebióticos – inulina (podem activar a microflora intestinal, favorecendo o bom funcionamento do intestino);

  • Iogurtes com probióticos – bífidobacterias e lactobacilos (favorecem as funções gastrointestinais, reduzindo entre outros, o risco de obstipação).
Alimentos funcionais o que são

Afectam positivamente uma ou mais funções fisiológicas do organismo, ou seja, melhoram o bem-estar físico e/ou psicológico.

Qual a importância do consumo destes alimentos?

Actualmente observa-se que as doenças crónicas que mais preocupam no mundo apresentam associação comprovada com a dieta: obesidade, cancro, hipertensão, doenças cardiovasculares, etc.

O consumo regular de alimentos funcionais torna-se interessante neste contexto, pois ajuda a prevenir e a conter o avanço dessas doenças.

Consumo de Alimentos Funcionais

  • É necessário que o consumo destes alimentos seja regular de forma a que os benefícios sejam alcançados;
  • Para que os resultados sejam eficazes, é importante que o consumidor utilize o alimento da forma adequada, principalmente no que diz respeito à confecção;
  • Além disso, é importante que se tenha a noção que estes alimentos só funcionam quando fazem parte de uma dieta equilibrada. Ou seja, se estiver a utilizar um alimento para o controle do colesterol, ele só terá resultados positivos se a ingestão deste estiver associada a uma dieta pobre em gordura saturada e colesterol.

Veja alguns alimentos e os seus benefícios:

  • Linhaça – fonte de lignana, que é um composto capaz de auxiliar na prevenção do cancro da mama e no combate dos sintomas da menopausa.

  • Chá verde – possui catequinas que ajudam a reduzir incidências de certos tipos de cancro, reduzem colesterol e estimulam o sistema imunológico.

  • Açaí – possuem antocianinas que são capazes de melhorar a circulação sanguínea.

  • Peixes (sardinha, anchova, arenque, atum, salmão) – possuem ómega 3, que tem acção anti-inflamatórias e reduz o LDL colesterol.

  • Uvas, vinho tinto e maçã – auxiliam na redução de risco de doenças cardiovasculares, inibem a formação de carcinomas, coágulos e inflamações.
uvas
  • Pimenta – estimula a termogenese e combate a obesidade.

  • Alho e cebola – melhoram o sistema imunológico, reduzem colesterol e pressão sanguínea.

  • Aveia, centeio, frutas com casca, feijão – fontes de fibras solúveis e insolúveis que reduzem o risco de neoplasia de cólon e melhora o funcionamento intestinal. As solúveis por dar maior saciedade podem ajudar na obesidade e controlar a glicemia.

  • Gengibre – estimulante da secreção gástrica, previne inflamações osteoarticulares e é um termogenico natural.

  • Goji Berry – rico em polifenois, alivia a ansiedade, é um antioxidante poderoso, auxilia no sistema imunológico, além de estimular a produção de serotonina (hormona do prazer).
bagas de goji
Alimentos funcionais o que são 2

Benefícios dos Alimentos Funcionais

O consumo regular de alimentos funcionais pode proporcionar uma série de benefícios para a saúde, incluindo:

  • Redução do Risco de Doenças: Os alimentos funcionais podem ajudar a prevenir doenças crónicas, como a diabetes tipo 2, as doenças cardíacas e o cancro.
  • Melhoria da Digestão: Alguns alimentos funcionais, como o iogurte probiótico, promovem um sistema digestivo saudável.
  • Fortalecimento do Sistema Imunitário: Nutrientes e compostos bioativos presentes nos alimentos funcionais fortalecem a imunidade, ajudando a proteger o corpo contra infeções.
  • Apoio à Saúde Mental: Alguns alimentos funcionais, como os peixes gordos e as nozes, podem melhorar a função cerebral e reduzir o risco de depressão.

Conclusão

Os consumidores preocupados com a saúde procuram cada vez mais alimentos funcionais num esforço para controlar a sua saúde e bem-estar. Eles são assim susceptíveis de melhorarem a saúde, mas é conveniente valorizá-los na sua justa medida e usá-los sabendo que não são o elixir de todos os males.

Eles são benéficos e fornecem um complemento saudável a uma dieta apropriada e a um estilo de vida activos.

Nota: Certifique-se de consultar um profissional de saúde ou nutricionista antes de fazer grandes mudanças na sua dieta, especialmente se tiver condições médicas pré-existentes.

Perguntas e Respostas

  1. O que são alimentos funcionais?

    Alimentos funcionais são aqueles que, para além de fornecerem nutrientes básicos, contêm componentes ativos que conferem benefícios adicionais para a saúde.

  2. Qual é a diferença entre alimentos funcionais e alimentos comuns?

    A principal diferença reside no facto de que os alimentos funcionais possuem compostos bioativos que têm um impacto positivo na saúde, para além de apenas fornecerem calorias e nutrientes.

  3. Quais são alguns exemplos de alimentos funcionais?

    Exemplos incluem frutas e vegetais ricos em antioxidantes, peixes gordos com ácidos gordos ómega-3, iogurte probiótico, chá verde e alimentos ricos em fibras, como a aveia.

  4. Quais são os benefícios para a saúde dos alimentos funcionais?

    Os benefícios incluem a redução do risco de doenças crónicas, como diabetes e doenças cardíacas, melhorias na digestão, fortalecimento do sistema imunitário e suporte à saúde mental.

  5. Os alimentos funcionais podem substituir medicamentos?

    Não, os alimentos funcionais não devem substituir medicamentos prescritos. Eles são uma parte importante de uma dieta saudável, mas não podem tratar doenças graves por si só.

  6. Posso consumir alimentos funcionais todos os dias?

    Sim, muitos alimentos funcionais são seguros para consumo diário como parte de uma dieta equilibrada. No entanto, é importante variar a sua alimentação para obter diversos nutrientes.

  7. Os alimentos funcionais são adequados para todas as idades?

    Sim, alimentos funcionais podem ser benéficos para pessoas de todas as idades, desde crianças até idosos.

  8. Os suplementos podem substituir alimentos funcionais?

    Suplementos podem ser uma opção, mas é geralmente preferível obter nutrientes a partir de alimentos inteiros, pois eles fornecem uma variedade de nutrientes e compostos que podem não estar presentes em suplementos isolados.

4.7 / 5. Votos: 91

No votes so far! Be the first to rate this post.


AVISO: Nenhuma publicação desta página constitui prática médica e como tal não substitui o conselho e acompanhamento médico.
Partilhar este artigo

2 thoughts on “Alimentos funcionais o que são

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *