Alimentos funcionais

Alimentos funcionais são alimentos ou ingredientes que, além das funções nutricionais básicas, quando consumidos como parte da alimentação habitual, produzem efeitos metabólicos, fisiológicos e/ou benéficos à saúde.

Os principais alimentos classificados como funcionais são:

  • Alimento natural (soja, cereais integrais (aveia, centeio, cevada e farelo de trigo), tomate, uvas, frutos vermelhos, couve-flor, brócolos, linhaça, leite fermentado, peixe gordo, entre muitos outros);
  • Enriquecido com vitaminas, minerais, culturas bacterianas (ex: bifidobactérias), ácidos gordos ómega-3, fibras, entre outros.

São vários os alimentos funcionais disponíveis, tais como leite e produtos lácteos, matérias gordas para barrar, cereais, bolachas, pão e bebidas, entre outros. Verifique alguns exemplos:

Peixes gordos – ex.: sardinha, salmão, atum, anchova e arenque (naturalmente ricos em ácidos gordos ómega 3). Ajudam na diminuição do “mau colesterol” – o colestrol LDL. Têm uma acção anti-inflamatória, são ainda indispensáveis para o adequado desenvolvimento do cérebro e da retina dos recém-nascidos;

Margarinas com esteróis vegetais (que podem ajudar a melhorar o perfil lipídico, contribuindo para a redução do “mau colesterol”);

Pão com prebióticos – inulina (podem activar a microflora intestinal, favorecendo o bom funcionamento do intestino);

Iogurtes com probióticos – bífidobacterias e lactobacilos (favorecem as funções gastrointestinais, reduzindo entre outros, o risco de obstipação).

 Alimentos funcionais

Afectam positivamente uma ou mais funções fisiológicas do organismo, ou seja, melhoram o bem-estar físico e/ou psicológico.

Qual a importância do consumo destes alimentos?

Actualmente observa-se que as doenças crónicas que mais preocupam no mundo apresentam associação comprovada com a dieta: obesidade, cancro, hipertensão, doenças cardiovasculares, etc. O consumo regular de alimentos funcionais torna-se interessante neste contexto, pois ajuda a prevenir e a conter o avanço dessas doenças.

Consumo de Alimentos Funcionais

  • É necessário que o consumo destes alimentos seja regular de forma a que os benefícios sejam alcançados;
  • Para que os resultados sejam eficazes, é importante que o consumidor utilize o alimento da forma adequada, principalmente no que diz respeito à confecção;
  • Além disso, é importante que se tenha a noção que estes alimentos só funcionam quando fazem parte de uma dieta equilibrada. Ou seja, se estiver a utilizar um alimento para o controle do colesterol, ele só terá resultados positivos se a ingestão deste estiver associada a uma dieta pobre em gordura saturada e colesterol.

Alimentos funcionais

Veja alguns alimentos funcionais e seus benefícios:

– Linhaça – fonte de lignana, que é um composto capaz de auxiliar na prevenção do cancro da mama e no combate dos sintomas da menopausa.

Chá verde – possui catequinas que ajudam a reduzir incidências de certos tipos de cancro, reduzem colesterol e estimulam o sistema imunológico.

– Açaí – possuem antocianinas que são capazes de melhorar a circulação sanguínea.

– Peixes (sardinha, anchova, arenque, atum, salmão) – possuem ómega 3, que tem acção anti-inflamatórias e reduz o LDL colesterol.

– Uvas, vinho tinto e maçã – auxiliam na redução de risco de doenças cardiovasculares, inibem a formação de carcinomas, coágulos e inflamações.

– Pimenta – estimula a termogenese e combate a obesidade.

– Alho e cebola – melhoram o sistema imunológico, reduzem colesterol e pressão sanguínea.

– Aveia, centeio, frutas com casca, feijão – fontes de fibras solúveis e insolúveis que reduzem o risco de neoplasia de cólon e melhora o funcionamento intestinal. As solúveis por dar maior saciedade podem ajudar na obesidade e controlar a glicemia.

-Gengibre – estimulante da secreção gástrica, previne inflamações osteoarticulares e é um termogenico natural.

– Goji Berry – rico em polifenois, alivia a ansiedade, é um antioxidante poderoso, auxilia no sistema imunológico, além de estimular a produção de serotonina (hormona do prazer).

Conclusão

Os consumidores preocupados com a saúde procuram cada vez mais alimentos funcionais num esforço para controlar a sua saúde e bem-estar. Os alimentos funcionais são assim susceptíveis de melhorarem a saúde, mas é conveniente valorizá-los na sua justa medida e usá-los sabendo que não são o elixir de todos os males.

Eles são benéficos e fornecem um complemento saudável a uma dieta apropriada e a um estilo de vida activos.

2 Comentários

  1. João Pedro || 4 Junho, 2017

    Consumo todos os alimentos mencionados no artigo 🙂

  2. Lila || 6 Março, 2017

    Já não passo sem as minhas bagas de goji e a minha aveia.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*